Sobre

A platform for action

Seguindo o crescente interesse da comunidade internacional pelo ar puro e enfatizando a necessidade de envidar mais esforços para melhorar a qualidade do ar para proteger a saúde humana, a Assembleia Geral das Nações Unidas designou o dia 7 de setembro como o Dia Internacional do Ar Limpo para o céu azul.

Muitas vezes, você não pode ver a poluição do ar, mas ela está em toda parte. Causa de aproximadamente 7 milhões de mortes prematuras por ano, tornou-se o maior risco ambiental para a saúde humana e uma das principais causas evitáveis ​​de morte e doenças em todo o mundo. A poluição do ar não conhece fronteiras nacionais. Além de afetar desproporcionalmente mulheres, crianças e idosos, tem um impacto negativo nos ecossistemas. Muitos poluentes atmosféricos contribuem diretamente para a crise climática e a melhoria da qualidade do ar pode mitigar as mudanças climáticas. A Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável também reconhece a importância de reduzir a poluição do ar para alcançar os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável.

Este primeiro Dia Internacional do Ar Limpo para um céu azul visa construir uma comunidade global de ação que incentiva a cooperação nos níveis nacional, regional e internacional. Convoca países a trabalharem juntos para combater a poluição do ar e garantir ar limpo para todos e todas.

O tema do primeiro Dia Internacional do Ar Limpo para um céu azul é "Ar Limpo para Todos e Todas". Ele nos convida a considerar como podemos mudar nossa vida cotidiana para reduzir a quantidade de poluição do ar que produzimos.

A poluição do ar é evitável, mas precisamos de todos a bordo - de indivíduos a empresas privadas e governos.

O que você pode fazer
A primeira comemoração do Dia Internacional do Ar Limpo para um céu azul é uma oportunidade para cada um de nós combater a poluição do ar. E você não precisa esperar até 7 de setembro para agir.

Há tantas coisas que podemos fazer, desde pedalar até o trabalho, separar o lixo orgânico do reciclável e pressionar as autoridades locais para investir em espaços verdes em nossas cidades. Aqui estão algumas outras idéias:

  • desligar luzes e aparelhos eletrônicos que não estejam em uso;
  • verificar as classificações de eficiência de sistemas de aquecimento doméstico e fogões, privilegiando modelos que economizam dinheiro e protegem a saúde;
  • nunca queimar o lixo, pois isso contribui diretamente para a poluição do ar.

O que mais podemos fazer para resolver este problema? Compartilhe suas ideias nas redes sociais usando a hashtag #ArLimpo para todos e todas.

Teste seus conhecimentos sobre poluição do ar respondendo aos nossos questionários.

Verifique este espaço nas próximas semanas para mais detalhes sobre a campanha deste ano e não se esqueça de se inscrever aqui para receber atualizações antes do Dia Internacional do Ar Limpo para um céu azul.

Tema

#ArLimpo para todos e todas.

O ar que respiramos nos conecta. Ele não conhece fronteiras e envolve e sustenta todas as coisas vivas. No entanto, nosso relacionamento com essa substância vital mudou.

A poluição do ar é agora a maior ameaça ambiental à saúde, causando aproximadamente 7 milhões de mortes prematuras a cada ano por enfermidades como derrame, doenças cardíacas, doença pulmonar obstrutiva crônica, câncer de pulmão e infecções respiratórias agudas. Muitas fontes de poluição do ar também impulsionam as mudanças climáticas e danificam a natureza e os ecossistemas.

Juntos podemos mudar isso. A mensagem deste primeiro Dia Internacional do Ar Limpo para um céu azul é que a poluição do ar não precisa fazer parte do nosso futuro coletivo. Temos as soluções e devemos tomar as medidas necessárias para combater a poluição do ar e garantir #ArLimpo para todos e todas.

Os benefícios de atuar são numerosos. Um ar mais limpo nos tornará mais saudáveis, protegerá a natureza, ajudará a atingir as metas globais de mudança climática, melhorará a qualidade de vida e proporcionará um futuro seguro e justo para todos. Vamos trabalhar juntos em casa e em nossos locais de trabalho, comunidades, governos e além-fronteiras para melhorar nosso ar.